Evite filas e faça logo o cadastro do CadÚnico para receber o Auxílio Brasil

Uma das principais exigências para receber o Auxílio Brasil será o cadastro no CadÚnico, que é um sistema usado pelo governo para incluir famílias de baixa renda em programas federais. Mesmo para quem já tem cadastro, será preciso atualizar os dados para se inscrever no programa.

Por conta disso, é provável que muitas pessoas que ainda não se inscreveram no CadÚnico comecem a fazer isso em breve. Afinal, se por enquanto apenas beneficiários do Bolsa Família serão atendidos pelo novo programa, o governo promete aumentar o número de famílias inclusas de 14,6 milhões para 17 milhões.

Publicidade

Publicidade

Sendo assim, é recomendado fazer a inscrição o quanto antes para evitar filas quando o governo começar a incluir novas famílias no Auxílio Brasil. A seguir, veja quem pode se inscrever no CadÚnico e como fazer esse cadastro para solicitar o benefício do novo programa.

cadastro cadúnico auxílio brasil
Cadastro no CadÚnico será necessário para receber o Auxílio Brasil. Foto: Carlos Poly

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Antes de começar, é importante esclarecer que o cadastro no CadÚnico não garante a entrada automática no Auxílio Brasil ou qualquer outro programa social. Isso porque cada programa tem suas regras específicas, e é preciso se enquadrar nelas para ter direito.

Para se inscrever neste sistema, as famílias precisam atender um dos critérios abaixo:

Publicidade

Publicidade

  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 550) por pessoa;
  • Ter renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Caso a renda total seja maior do que esse limite, o cadastramento da família deve estar vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Viver em situação de rua, seja sozinho ou com a família;
  • Famílias unipessoais, ou seja, pessoas que moram sozinhas, também podem se cadastrar no CadÚnico.

Como fazer cadastro no CadÚnico para participar do Auxílio Brasil?

Ao contrário de outros sistemas que aceitam inscrições pela internet, o cadastro no CadÚnico só pode ser feito de forma presencial.

Normalmente, o procedimento é feito em um CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) ou em postos de atendimento do Cadastro Único e do Bolsa Família das prefeituras. Para saber onde esse atendimento é realizado na sua cidade, entre em contato com a prefeitura ou com o CRAS mais próximo.

Para se inscrever no CadÚnico, o representante familiar deve ter pelo menos 16 anos, e de preferência mulher. Essa pessoa deve levar seu CPF ou título de eleitor ao local de cadastramento e também um documento oficial de cada pessoa da família.

Além disso, também é necessário fazer uma entrevista de cadastramento, que é considerada a parte mais importante do processo.

Para conferir a lista de documentos válidos e mais detalhes sobre o cadastro no CadÚnico, é só conferir o nosso texto explicando sobre o sistema.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário