Goiânia amplia 1ª dose da vacina contra covid para pessoas com 35 anos a partir desta quinta-feira, 22 de julho

A partir de hoje (22/07), moradores de Goiânia a partir de 35 anos de idade que não pertencem a grupos prioritários já podem receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Para este público, são 2 mil senhas disponíveis para esta quinta-feira, segundo a prefeitura. O local de vacinação sem agendamento é o drive-thru do shopping Passeio das Águas.





Já para as pessoas que preferem agendar, são 16 postos de saúde que atendem por demanda de idade, das 8h às 17h. Nesse caso, basta baixar o aplicativo Prefeitura 24Horas, disponível para dispositivos Android e iOS, ou acessar o site da Prefeitura de Goiânia para marcar dia, horário e local de vacinação.

vacina Goiânia 35 anos
Goianienses a partir de 35 anos sem comorbidades já podem se vacinar contra a covid-19. Foto: Prefeitura de Goiânia

Além das pessoas com 35 anos ou mais, Goiânia também está aplicando a primeira dose da vacina contra covid-19 em idosos, gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades e servidores da saúde e da educação. Dentre estes grupos, apenas gestantes e puérperas não precisam agendar.

A campanha de vacinação na capital goiana também está atendendo quem precisa receber a segunda dose. Nesse caso, já podem receber a dose de reforço pessoas que estão com a AstraZeneca em atraso ou agendadas para tomar a vacina no dia 24 de julho, além dos moradores que tomaram Coronavac e já esperaram o intervalo necessário.





No caso da Pfizer, cabe destacar que a segunda dose do imunizante é reservada apenas para gestantes e puérperas.

Veja também: Brasil está na 67° posição do ranking mundial de vacinação contra covid

Como consultar o calendário de vacinação contra a covid-19 em Goiânia?

A Prefeitura de Goiânia conta com uma plataforma que disponibiliza as principais informações sobre a vacinação na cidade, o Imunizagyn. Para conferir, basta acessar o site www.goiania.go.gov.br/imunizagyn.

Neste portal, o cidadão pode consultar quais os públicos que recebem a vacina no dia e o calendário do mês para aplicação da segunda dose.

Além disso, o site também conta com dados atualizados sobre doses remanescentes, o total de doses aplicadas, o percentual de pessoas imunizadas, os locais de vacinação e testagem e como chegar nestes postos. Por meio da plataforma ainda é possível acessar o link para agendar a vacinação.

Quanto aos locais de vacinação, é importante ficar de olho no site, pois os postos de atendimento do dia seguinte sempre são divulgados após às 17h.





No caso do público em geral a partir de 35 anos, os locais que aplicam a vacina por agendamento em Goiânia nesta quinta-feira (22) são os seguintes:

  • Distrito Sudoeste: CIAMS Novo Horizonte; CSF Residencial Itaipu e CSF Parque Santa Ria;
  • Distrito Noroeste: CSF Vila Mutirão;
  • Distrito Campinas-centro: C.S Cidade Jardim e CSF Crimeia Oeste;
  • Distrito Norte: CIAMS Urias Magalhães;
  • Distrito Oeste: CSF São Francisco; CSF Parque Industrial João Braz; CSF Vera Cruz II e CSF Jardim Cerrado;
  • Distrito Leste: UPA Dr. Paulo Garcia (UPA Chácara do Governador); UPA Jardim Novo Mundo e CSF Recanto das Minas Gerais;
  • Distrito Sul: CS Parque Amazônia.

Para consultar o endereço e como chegar em cada local, basta acessar o Imunizagyn e clicar em “Locais de Vacinação”. Nesta página também é possível conferir os postos de atendimento para os demais públicos e para a segunda dose.

O que precisa levar para tomar a vacina em Goiânia?

Todos os moradores devem apresentar comprovante de endereço, CPF e documento de identificação com foto e data de nascimento. No caso da segunda dose, é preciso levar o cartão de vacinação da primeira.

Além disso, os grupos específicos devem apresentar os seguintes documentos:

  • Grávidas e puérperas: documentação que comprove a gestação e relatório médico em caso de comorbidade. Lactantes precisam apresentar certidão de nascimento do bebê;
  • Pessoas com comorbidades (apenas um dos itens a seguir): laudo médico, formulário disponível no site da prefeitura com carimbo e assinatura do médico, relatório da equipe de atenção primária com a cópia do prontuário ou prescrição médica da vacinação com indicação da comorbidade;
  • Pessoas com deficiência sem cadastro no BPC: formulário de autodeclaração disponível no site da prefeitura;
  • Trabalhadores da Saúde: declaração que consta no site da prefeitura;
  • Profissionais da Educação: formulário de autodeclaração e comprovante de atuação na capital, como carteira de trabalho, contrato, contracheque ou crachá.


Todos os formulários citados podem ser baixados no site da Prefeitura de Goiânia.



Veja também: Quando vai começar a vacinação de crianças e adolescentes contra a covid?

Índices da vacinação em Goiânia

Segundo o Imunizagyn, Goiânia já aplicou 904.532 doses até esta quinta-feira, sendo 629.735 da primeira dose, 250.057 da segunda e 24.740 doses únicas da Janssen.

Com isso, 53,86% da população vacinável da cidade já recebeu ao menos uma dose do imunizante, e 23,50% já está totalmente vacinada.





Fonte: G1.

Felipe Matozo
Jornalista formado pelo Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário