Nubank: Banco anuncia programa de formação para jovens negros em São Paulo

A partir de uma parceria com a Alicerce Educação, o Nubank anunciou o lançamento de um programa voltado à formação de jovens negros em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa será destinada a 400 jovens de 17 a 25 anos da Grande de São Paulo que estejam fora da escola ou não tenham trabalho formal.

O objetivo da iniciativa é preparar os participantes para o mercado de trabalho e empregá-los no próprio Nubank ou em empresas parceiras. O programa irá selecionar estes jovens em comunidades próximas aos 10 polos educacionais da Alicerce em São Paulo, conforme indicações de lideranças locais, e oferecerá uma semana de imersão para os alunos antes do início das aulas.

Publicidade

Publicidade

A maior parte dos participantes do programa de formação da Nubank terá treinamento para a área de atendimento ao cliente (call center). Enquanto isso, 80 alunos serão selecionados para aulas adicionais de linguagem de programação.

nubank
Foto: Paulo Whitaker/Reuters

As aulas serão presenciais, acompanhando as fases de contenção da pandemia em São Paulo e os devidos protocolos de segurança. Ao todo, serão sete meses de aulas diárias de disciplinas como Matemática, Português, Inglês, Habilidades para a vida e Descoberta.

Além disso, os alunos selecionados para a formação em linguagem de programação ainda irão participar de uma oficina hack aos sábados, que será dedicada ao aprendizado prático.

Publicidade

Publicidade

Para fortalecer o impacto da iniciativa para a comunidade afro-brasileira, todos os instrutores do programa serão pessoas autodeclaradas negras. Os instrutores foram selecionados pela Alicerce através de uma parceria com a ONG EducAfro, instituição com mais de três décadas de atuação para fortalecer o desenvolvimento e a inclusão da população negra.

Veja também: Cursos gratuitos – Escola Virtual da Fundação Bradesco tem opções EaD. Confira!

Programa de formação da Nubank faz parte de compromisso com diversidade

Em novembro do ano passado, o Nubank firmou um compromisso com diversidade étnica-racial, anunciando investimentos de R$ 20 milhões em iniciativas dentro e fora do banco.

A iniciativa foi uma resposta da fintech após a repercussão negativa de uma declaração da co-fundadora do banco, Cristina Junqueira. Em entrevista ao programa Roda Viva (TV Cultura), Junqueira falou sobre a dificuldade em contratar profissionais negros para funções mais qualificadas.

Na época, o Nubank firmou um compromisso de contratar duas mil pessoas negras até 2025, sendo no mínimo 500 para o time de engenharia. Segundo o banco, a ideia é garantir um quadro de pelo menos 30% de funcionários negros, incluindo um mínimo de 22% em cargos de gerência.

Recentemente, a empresa realizou outro projeto na área de educação voltado a este compromisso, o “Nós Codamos”. Este foi um evento virtual para recrutamento de pessoas negras para a equipe de engenharia de software do banco. Ao todo, o “Nós Codamos” teve cerca de duas mil inscrições.

Publicidade

Publicidade

Outra ação recente do Nubank foi a abertura de sua plataforma para candidaturas exclusivas de pessoas autodeclaradas pretas e pardas. A iniciativa já recebeu mais de 60 mil currículos, e até o momento 47% das contratações do banco em 2021 foram de profissionais deste grupo étnico.

Além disso, a fintech anunciou também o “Semente Preta”, um fundo de investimentos que irá destinar R$ 1 milhão para startups brasileiras criadas por empreendedores negros.

Veja também: Nubank – Quer economizar? Banco auxilia clientes com função automática! Entenda!

Inscrições para programa de trainee encerram na sexta-feira

Outro projeto do Nubank é o programa de formação de Associate Product Managers (APM), com vagas para profissionais em início de carreira ou em transição de área. A iniciativa é semelhante a um programa de trainee, e recebe inscrições apenas até esta sexta-feira (30/04).

Publicidade

O Nubank APM tem duração de 12 meses, e serve para treinar profissionais para a atuação no desenvolvimento de produtos na empresa. O programa inclui formação teórica e prática em diversas áreas, como design, tecnologia e negócio. Ao fim, o participante poderá assumir desafios na função de Product Manager.

Publicidade

Por conta da pandemia, o treinamento acontecerá de forma remota em um primeiro momento. Dessa forma, podem participar do programa candidatos de todas as regiões do país. Entretanto, nas etapas posteriores o trabalho será realizado em São Paulo.

As vagas no Nubank APM são destinadas a universitários e pessoas graduadas em qualquer área. Mas para participar é preciso ter conhecimento em inglês e estar em início de carreira, além de ter interesse no segmento de produtos.

O programa não exige experiência prévia, mas o candidato deve ter disponibilidade para trabalhar em São Paulo em horário integral. Segundo o banco, entre seis e 10 pessoas serão aprovadoras para iniciar os treinamentos em junho.

Publicidade

Publicidade

Para se inscrever, basta seguir o procedimento recomendado no site do Nubank APM. O site também traz mais informações sobre a duração do programa, benefícios e outras questões.

Fonte: TI Inside

Felipe Matozo
Jornalista formado pelo Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário