Pagar o Ifood com o Pix. Agora é possível! Veja como

O Pix é uma opção de pagamento em vários aplicativos famosos, como os de delivery de comida. Mas esse processo está ainda mais fácil agora, com a nova fase do Open Banking, que começou a valer no final de outubro. Ela possibilitou que na hora de pagar o Ifood com o Pix, por exemplo, não seja necessário nem mesmo copiar e colar o código do Pix para o app do banco. Todo esse processo pode ser feito diretamente na página do serviço de delivery. 

Na prática, a terceira etapa de implementação do Open Banking no Brasil permite que as instituições financeiras compartilhem informações sobre serviços de transferência via Pix. Futuramente, outros tipos de transferência vão ser incluídas. Veja o calendário:

Publicidade

Publicidade

  • 29/10/21 – Pagamento com PIX;
  • 15/02/22 – Pagamentos com TED e transferência entre contas na mesma instituição;
  • 30/06/22 – Pagamento de boletos ;
  • 30/09/22 – Pagamentos com débito em conta;

Isso abre caminho para o surgimento de novas soluções e ambientes para a realização de pagamentos e para a recepção de propostas de operações de crédito, possibilitando o acesso a serviços financeiros de forma mais fácil, célere e por meio de canais mais convenientes para o cliente, preservando a segurança do processo. Vale lembrar que também nesses casos o compartilhamento só acontece com a autorização prévia e específica do cliente.”, defende o Banco Central sobre os benefícios da terceira fase de Open Banking. 

Como pagar o Ifood com o Pix?

Pagar o Ifood com o pix, sem sair do aplicativo de delivery
Pagar o Ifood com o pix, sem sair do aplicativo de delivery é possível. Veja como fazer isso! (Imagem: Lisa / Pexels)

Quem fizer um pedido, não precisa mais abrir o aplicativo do banco para pagar o Ifood com o Pix. Veja o passo a passo de como realizar um pagamento rapidamente no app de delivery com o sistema instantâneo criado pelo Banco Central:

  1. Consumidor deve informar a chave do Pix, como CPF, e-mail, número de celular ou uma sequência aleatória;
  2. A instituição de pagamento, que faz a intermediação da compra, informa o banco responsável pela conta do comprador para autorizar o débito;
  3. Antes de concluir a compra, o banco envia uma mensagem para o cliente com os detalhes da transação;
  4. A compra é finalizada somente após a autorização pelo cliente.

Facilidade de pagar o Ifood com o Pix para clientes Itaú

Clientes Itaú, em especial, tem uma facilidade a mais para pagar o Ifood com o Pix. Agora, é possível fazer um pedido no app, escolher o Pix nas opções de pagamento, digitar a senha do banco e pronto: A transferência foi realizada. 

De acordo com o banco, essa medida visa minimizar pedidos não concluídos e QR Codes abandonados antes do pagamento ser efetivado. 

Publicidade

Publicidade

Essa iniciativa com o iFood é mais um importante passo que damos nesse sentido, uma vez que conseguimos impactar de forma contundente a experiência de quem está na ponta. Estamos muito otimistas e confiantes de que essa funcionalidade vai, realmente, fazer a diferença para os consumidores”, diz Marcos Cavagnoli, diretor de Cash Management e Open Finance do Itaú.

Recorde com o Pix

No dia 5 de novembro, o Pix registrou mais de 50 milhões de pagamentos e transferências, em apenas 24 horas.  É a primeira vez que o sistema registrou essa quantidade de operações em um único dia. O recorde anterior foi marcado em 6 de outubro, com 44.765.258 transações.

Os dados do Pix ficam registrados no Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI). A partir dele é possível observar que as transferências nos finais de semana são, em média, três vezes maior do que as que são realizadas de segunda a sexta-feira. 

No dia 16 de novembro, o Pix celebra um ano de existência. O sistema de pagamentos foi desenvolvido pelo Banco Central com o objetivo de agilizar e tornar mais eficaz a realização de transferências no país. 

 

Marina Darie
Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário