Prefeitura de Curitiba distribui R$ 100 em vale alimentação – Saiba quem pode receber

A Rede de Supermercados Condor entregou para a Prefeitura de Curitiba 120 mil cartões em compras, com valor de R$100,00 cada. Eles serão entregues para a população curitibana em estado de extrema vulnerabilidade. O cartão pode ser usado em qualquer uma das 22 lojas Condor da cidade. 

Com a doação da rede de supermercados, a Prefeitura de Curitiba e a Fundação de Ação Social (FAS) vão escolher 1200 famílias para receberem o benefício social.

Publicidade

Publicidade

É uma doação importante e que se soma ao esforço da FAS, neste momento de sofrimento provocado pela pandemia e também pelo frio. É, na verdade, um ato de generosidade, de repartição social”, disse o prefeito da capital paranaense, Rafael Greca. 

Quem a Prefeitura de Curitiba vai priorizar para receber o cartão?

Prefeitura de Curitiba vai distribuir 120 mil cartões para compras na Rede de Supermercados Condor.Veja quem pode receber o cartão.
Prefeitura de Curitiba vai distribuir 120 mil cartões para compras na Rede de Supermercados Condor. Famílias em estado de extrema pobreza vão ser beneficiadas. (Imagem: Daniel Castellano / SMCS)

Os cartões serão distribuídos para as famílias que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social. A renda mensal per capita deve ser de até R$ 89,00 e elas já precisam ser acompanhadas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

“As famílias elegíveis serão comunicadas pelas equipes da FAS e saberão em qual loja do Condor poderão retirar o cartão e fazer as compras, sempre na regional onde moram”, explica o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel.

Os cartões com o valor de R$100,00 poderão ser usados para a compra de qualquer produto na Rede de Supermercados Condor, como alimentos e itens de higiene e limpeza. Apenas cigarros e bebidas alcóolicas não são permitidos.

Nossa empresa, através do presidente Joanir Zonta, acredita muito no poder de ajudar as pessoas e isso é muito bom e gratificante (…) Estamos em Curitiba e temos milhares de clientes na cidade. Acreditamos que a questão não é apenas de manter as lojas abertas para venda, mas também de ajudar a sociedade”, disse o superintendente da Rede de Supermercados Condor, Wanclei Said. 

Essa não é a primeira vez que os supermercados Condor fazem uma parceria com a Prefeitura de Curitiba. Em 2020, a empresa doou à FAS 180 toneladas de alimentos.

Publicidade

Publicidade

Auxílio Alimentar da Prefeitura de Curitiba

Além da distribuição dos cartões para compras na Rede de Supermercados Condor, a Prefeitura de Curitiba criou, em abril, um auxílio alimentar municipal. Nesta semana, a quarta parcela foi liberada para a população. 

O crédito é de R$70,00 e pode ser usado nas unidades do Armazém da Família. 

Ainda existem vagas para que curitibanos recebam esse benefício. Atualmente, 29,3 mil famílias estão cadastradas para receber o auxílio, mas ele pode ser liberado para um total de 35 mil famílias.

Pessoas em estado de vulnerabilidade social, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e que são atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) da Prefeitura estão aptas a receber o valor. 

Caso haja famílias que ainda não fazem parte do CadÚnico, mas precisam do auxilio alimentar, elas devem procurar o Cras da sua região para se inscrever”, afirma o secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi.

Para evitar aglomerações nos Armazéns da Família, os curitibanos foram divididos em grupos. Cada grupo tem uma data para fazer compras. Confira o calendário:

  • Grupo 1 – a partir de 27/7;
  • Grupo 2 – a partir de 03/8;
  • Grupo 3 – a partir de 10/8;
  • Grupo 4 – a partir de 17/8;
  • Grupo 5 – a partir de 24/8.

Assistência social durante as baixas temperaturas em Curitiba

Com o frio intenso desta semana, a Prefeitura de Curitiba reforçou as abordagens entre as pessoas em situação de rua. Só na terça-feira, dia 27 de julho, 1099 curitibanos dormiram nos abrigos municipais. 

Publicidade

Publicidade

Esse foi o recorde de atendimento desde quando a Ação Inverno – Curitiba Que Acolhe começou a ser feita neste ano. 

Ainda sim, existem mais de 900 vagas ainda disponíveis. A FAS tem capacidade para atender até 2.047 pessoas.

Nossas equipes conhecem as pessoas em situação de rua e sabem quem precisa de maiores cuidados. Nesses casos, os educadores sociais costumam fazer várias abordagens sociais durante a noite”, diz o Presidente da FAS, Fabiano Vilaruel.

As abordagens da FAS não são compulsórias. A pessoa em situação de rua pode escolher se vai para um abrigo ou não. Quando ela nega, os agentes entregam cobertores para evitar a hipotermia e o risco de morte.

Fontes: Prefeitura de Curitiba

Publicidade

Marina Darie
Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário