SISU 2021: Prazo de inscrições acaba NESTA SEXTA (9/4)

As inscrições para o SISU (Sistema de Seleção Unificada) 2021 terminam às 23h59 dessa sexta-feira (09/04), e os estudantes que ainda não garantiram vaga no programa precisam correr para não perder o prazo.

Segundo o Ministério da Educação, até o final de quinta-feira (8) o Processo Seletivo Simplificado Unificado desse ano já havia recebido mais de 2 milhões de inscrições de estudantes de todo o Brasil.

O número corresponde a mais de 1 milhão de pessoas que se inscreveram em até dois cursos de concorrências, conforme estipula as regras do programa.

página do sisu

Após um 2020 conturbado por conta da pandemia de coronavírus que atrasou vestibulares por todo o país, incluindo o ENEM, havia dúvidas quanto ao andamento do processo do SISU para 2021. Apesar do atraso, o programa conseguiu ser continuado e agora os estudantes irão aguardar até o próximo dia 13 de abril para saber suas classificações.

Para participar do programa, o estudante precisa ter realizado o último Exame Nacional do Ensino Médio, não pode ter zerado na redação e nem feito a prova na modalidade de treineiro.

Veja também: SISU 2021 – Notas de corte podem cair após fim das inscrições? Entenda o motivo

Acesso e inscrições no SISU 2021

As inscrições para o programa são realizadas por meio do Portal do SISU, no site. Para acessá-lo, o candidato precisará do seu login e senha cadastrados anteriormente no portal de serviços do Governo Federal. No caso, serão os mesmos login e senha que o estudante utiliza para acessar suas notas no Portal do ENEM.

É muito importante que o estudante tente acessar o portal o quanto antes, pois caso haja algum problema com seu login, ou necessite recuperar sua senha de acesso, existe tempo hábil para o envio do portal.

As inscrições no programa são gratuitas e o estudante poderá escolher até dois cursos de seu interesse separados por instituições federais e públicas de ensino. Ao todo, são mais de 209 mil vagas em todos os estados do Brasil.

A seleção de estudantes ocorre por meio das notas de corte dos cursos. No caso, ao receber suas notas do ENEM, o estudante atinge uma média. É essa média que será usada como base de cálculo para o preenchimento das vagas disponíveis em cada curso.

Cronograma SISU 2021

Assim como nos anos anteriores, o SISU 2021 irá seguir um cronograma desde sua inscrição até os cadastras para a lista de espera.

  • 06 a 09 de abril: Inscrições no Portal do Sisu;
  • 13 de abril: Resultado da chamada única do processo 2021;
  • 14 a 19 de abril: Matrículas e registros acadêmicos nas instituições federais;
  • 13 a 19 de abril: Manifesto de interesse para a lista de espera de vagas remanescente.

Veja também: FIES, PROUNI e SISU – Qual é a nota mínima necessária do ENEM para inscrição nos programas?

Cursos mais e menos concorridos

Assim como nos vestibulares regulares de instituições privadas e públicas, o SISU também conta com sua lista de cursos mais e menos concorridos. Os cursos mais concorridos costumam ser aqueles em que o número de interessados é muito maior do que o número de vagas disponíveis.

Com isso, ainda que o aluno tenha uma nota de corte que seria suficiente para ser aceito no curso, ele também precisa se preocupar com o fator da concorrência. Ou seja, é como se a nota de corte se baseasse nas notas de outros estudantes que podem ter tido uma média no ENEM, bastante superior.

Segundo o Ministério da Educação, os cursos com maior concorrência das universidades federais possuem nota de corte entre 650 pontos e 901,5 pontos. Em ordem alfabética, esses cursos são:

  • Administração
  • Biomedicina
  • Direito
  • Enfermagem
  • Engenharia Civil
  • Fisioterapia
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Relações Internacionais

Enquanto isso, a lista de menos concorridos tem prevalência de notas entre 499 e 550 pontos. Mas claro, assim como na lógica dos mais concorridos, os interessados acabam competindo entre si e apenas os alunos com as notas mais altas são selecionados para as vagas disponíveis.

Segundo o MEC, os cursos com histórico de menor concorrência são:

  • Administração Hospitalar
  • Agronegócio
  • Agronomia
  • Ciências Biológicas
  • Computação
  • Filosofia
  • Física
  • Geografia
  • Gestão Ambiental
  • Letras- Português e Espanhol
  • Matemática
  • Mineração
  • Química
  • Sociologia
  • Zootecnia

Mas cabe destacar que os cursos listados não são exatamente uma regra, visto que a cada ano isso pode ser modificado. Outra coisa a ser considerada é a universidade na qual se irá concorrer, o estado, entre outros fatores relevantes.

Felipe Matozo
Jornalista formado pelo Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário