Auxílio Emergencial 2021: Quem teve benefício negado pode contestar até 12/4 – Veja como!

pessoas em fila
Cidadãos têm até dia 12 de abril para contestar o não recebimento do Auxílio Emergencial 2021

A lista dos aprovados para o Auxílio Emergencial 2021 foi liberada nesta sexta-feira, dia 2 de abril. Quem solicitou o Auxílio Emergencial no ano passado e teve o benefício recusado neste ano, pode contestar a decisão até o dia 12 de abril. O Ministério da Cidadania anunciou essa decisão para dar continuidade ao benefício, que está prevista para começar na terça-feira, dia 6 de abril. 

Para fazer a contestação, o cidadão precisa entrar no Portal de Consultas DataPrev, para confirmar se ele foi aprovado para participar da prorrogação do benefício neste ano. Essas mesmas informações, de quem tem direito ao Auxílio Emergencial 2021, também estão disponíveis no site do Ministério da Cidadania.

Publicidade

Publicidade

Se, ao consultar os critérios e o cidadão achar que pode participar dos grupos que recebem o auxílio neste ano, mas continua considerado inelegível, ele pode clicar no botão “Contestar”. Importante ressaltar que o sistema vai automaticamente validar apenas as pessoas que realmente se enquadrarem nas novas regras do Auxílio Emergencial 2021. 

O Ministério da Cidadania ressalta, que mesmo após essa avaliação, os participantes que recebem o benefício vão passar por validações mensais. Isso garante que apenas as pessoas que estão dentro das regras vão receber os valores. Por esse motivo, o auxílio pode deixar de ser pago. Esse cancelamento também pode ser contestado, caso ele ocorra. 

Como vai funcionar o Auxílio Emergencial neste ano?

pessoas em fila
Cidadãos têm até dia 12 de abril para contestar o não recebimento do Auxílio Emergencial 2021

O Auxílio Emergencial 2021 só vai valer para pessoas que já estavam cadastradas para receber o benefício no ano passado. Ou seja, não terão novas inscrições para o recebimento dos valores do Governo Federal. 

Publicidade

Publicidade

Os critérios para quem vai receber o benefício neste ano também ficaram mais rígidos. Eles são os seguintes:

  • Ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos;
  • Ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo;
  • Ter recebido o auxílio emergencial em 2020.

Os valores previstos para o Auxílio Emergencial 2021 são:

  • Pessoas que moram sozinhas: R$ 150;
  • Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres: R$ 250;
  • Famílias chefiadas por mulheres: R$ 375. 

Neste ano, o auxílio recebeu um investimento de R$43 bilhões. Destes:

  • R$ 23,4 bilhões serão destinados ao público já inscrito em plataformas digitais da Caixa;
  • R$ 6,5 bilhões serão destinados para integrantes do Cadastro Único (CadÚnico);
  • R$ 12,7 bilhões serão destinados para pessoas atendidas pelo Programa Bolsa Família.

Calendário de pagamento do Auxílio Emergencial 2021

O calendário de pagamento foi anunciado no dia 31 de março. Confira:

Primeira parcela

Nascidos em janeiro:

  • Depósito no Caixa Tem: 6 de abril
  • Saque em dinheiro: 4 de maio
Publicidade

Publicidade

Nascidos em fevereiro: 

  • Depósito no Caixa Tem: 9 de abril
  • Saque em dinheiro: 6 de maio

Nascidos em março:

  • Depósito no Caixa Tem: 11 de abril
  • Saque em dinheiro: 10 de maio

Nascidos em abril: 

  • Depósito no Caixa Tem: 13 de abril
  • Saque em dinheiro: 12 de maio

Nascidos em maio:

  • Depósito no Caixa Tem: 15 de abril
  • Saque em dinheiro: 14 de maio
Publicidade

Nascidos em junho

Publicidade

  • Depósito no Caixa Tem: 18 de abril
  • Saque em dinheiro: 18 de maio

Nascidos em julho:

  • Depósito no Caixa Tem: 20 de abril
  • Saque em dinheiro: 20 de maio

Nascidos em agosto:

  • Depósito no Caixa Tem: 22 de abril
  • Saque em dinheiro: 21 de maio

Nascidos em setembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 25 de abril
  • Saque em dinheiro: 25 de maio
Publicidade

Publicidade

Nascidos em outubro:

  • Depósito no Caixa Tem: 27 de abril
  • Saque em dinheiro: 27 de maio

Nascidos em novembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 29 de abril
  • Saque em dinheiro: 1º de junho

Nascidos em dezembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 30 de abril
  • Saque em dinheiro: 4 de junho 

Segunda parcela

Nascidos em janeiro:

  • Depósito no Caixa Tem: 16 de maio
  • Saque em dinheiro: 8 de junho

Nascidos em fevereiro: 

  • Depósito no Caixa Tem: 19 de maio
  • Saque em dinheiro: 10 de junho

Nascidos em março:

  • Depósito no Caixa Tem: 23 de maio
  • Saque em dinheiro: 15 de junho

Nascidos em abril: 

  • Depósito no Caixa Tem: 26 de maiol
  • Saque em dinheiro: 17 de junho

Nascidos em maio:

  • Depósito no Caixa Tem: 28 de maio
  • Saque em dinheiro: 18 de junho

Nascidos em junho:

  • Depósito no Caixa Tem: 30 de maio
  • Saque em dinheiro: 22 de junho

Nascidos em julho:

  • Depósito no Caixa Tem: 2 de junho
  • Saque em dinheiro: 24 de junho

Nascidos em agosto:

  • Depósito no Caixa Tem: 6 de junho
  • Saque em dinheiro: 29 de junho

Nascidos em setembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 9 de junho
  • Saque em dinheiro: 1º de julho

Nascidos em outubro:

  • Depósito no Caixa Tem: 11 de junho
  • Saque em dinheiro: 2 de julho

Nascidos em novembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 13 de junho
  • Saque em dinheiro: 5 de julho

Nascidos em dezembro:

  • Depósito no Caixa Tem: 16 de junho
  • Saque em dinheiro: 8 de julho

Confira o calendário para a terceira e quarta parcelas

Marina DarieFormada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
Veja mais ›
Fechar