Como declarar financiamento de imóvel no Imposto de Renda 2024?

Felipe Matozo

13/09/2023

Neste texto, vamos abordar como declarar o financiamento de um imóvel no Imposto de Renda 2024, para te ajudar a entregar sua declaração sem erros.

Afinal, a declarar o Imposto de Renda de 2024, é importante incluir as informações sobre um imóvel financiado do jeito, caso o contribuinte tenha pago parcelas no decorrer de 2023.

Como declarar financiamento de um imóvel comprado em 2023

Como declarar financiamento de imóvel no Imposto de Renda 2024

Saiba como declarar financiamento de imóvel no Imposto de Renda 2024.

Se o imóvel foi adquirido em 2023, é necessário considerar alguns pontos na declaração. O saldo em dezembro de 2022 deve ser de R$ 0,00, indicando que não havia parcelas pagas até então.

Já no saldo de dezembro de 2023, deve ser adicionada a soma de todas as despesas relacionadas à aquisição do imóvel, como entrada, taxas e custos de cartório.

É importante lembrar que o valor declarado deve ser o valor efetivamente pago no ano, não o valor de mercado do imóvel.

Como declarar um imóvel financiado em anos anteriores

Para os imóveis financiados em anos anteriores, a declaração deve considerar o saldo em dezembro de 2022, que deve conter todas as parcelas pagas até então.

Enquanto isso, no saldo de dezembro de 2023, deve ser somado esse valor mais as parcelas pagas ao longo do ano. Novamente, é fundamental declarar o valor efetivamente pago no ano.

O que fazer se financiamento do imóvel usou recursos do FGTS?

Caso tenha utilizado recursos do FGTS para a compra do imóvel, é necessário informar o valor sacado na ficha de “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” e também na descrição da ficha de “Bens e Direitos”.

É importante lembrar de solicitar os informes de rendimentos sobre dívidas e do FGTS fornecidos pela instituição financeira e pela Caixa Econômica Federal para auxiliar no preenchimento correto da declaração.

E se o imóvel foi financiado por um casal?

Quando um imóvel é financiado por um casal, a recomendação é que apenas um dos dois informe o pagamento das parcelas na declaração.

O outro cônjuge ou companheiro deve mencionar na declaração que os bens e direitos comuns já foram declarados pelo parceiro no campo “Discriminação” com o código “99 – Outros”.

Além disso, é necessário informar o nome e CPF do parceiro e um saldo de R$ 0,00 em 31 de dezembro de 2023.

Cuidados na hora de declarar financiamento de imóvel

Ao declarar um imóvel financiado, é importante estar atento a algumas “pegadinhas”. Por exemplo, o financiamento deve ser declarado na ficha de “Bens e Direitos” e não na de “Dívidas e Ônus Reais”.

Também vale mencionar que, caso tenha realizado benfeitorias ou reformas no imóvel, o valor investido pode ser adicionado ao valor total do bem, desde que haja comprovante e descrição da reforma realizada.

Valor do imóvel altera a restituição?

É importante destacar que o valor do imóvel declarado não impacta a restituição ou pagamento de impostos.

No entanto, é extremamente relevante para casos de venda, onde o custo de aquisição será deduzido do valor de venda para verificar possíveis ganhos de capital.

Conclusão

Ao declarar o financiamento de um imóvel no Imposto de Renda 2024, é fundamental seguir as orientações da Receita Federal.

Vale lembrar que você precisa declarar corretamente o valor efetivamente pago no ano, considerando as parcelas e despesas relacionadas à aquisição do imóvel.

Além disso, é recomendado solicitar os informes de rendimentos sobre dívidas e do FGTS fornecidos pelas instituições financeiras e pela Caixa Econômica Federal.

Você também pode gostar de ler
Como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda 2024?

Felipe Matozo
Escrito por

Felipe Matozo

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.