Eleições 2022: conheça os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais

Eleições 2022: conheça os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais
Veja quem são os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais em 2022. Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Em Minas Gerais, um dos principais colégios eleitorais do país, a disputa pelo Governo do Estado nas eleições de 2022 deve se concentrar em dois candidatos principais desde o 1º turno.

Segundo as primeiras pesquisas de intenção de voto divulgadas, o governador Romeu Zema (Novo) e o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), têm ampla vantagem sobre os demais pré-candidatos.

Publicidade

Publicidade

A seguir, conheça os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais e saiba quais são as expectativas para as eleições no Estado.

Romeu Zema (Novo)

Eleições 2022: conheça os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais
Veja quem são os pré-candidatos ao governo de Minas Gerais nas eleições de 2022. Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Eleito em segundo turno com 71,4% dos votos válidos em 2018, Zema aparece na liderança das pesquisas de intenção de voto e desponta como favorito para a reeleição.

Formado em administração, o governador estreou na vida política justamente em 2018. Segundo uma pesquisa do Instituto Ver encomendada pela rádio Itatiaia e divulgada ontem (19/04), Zema tem 44% das intenções de voto e pode ganhar no primeiro turno.

Publicidade

Publicidade

No entanto, pesquisas também apontam que a reeleição do governador corre risco dependendo das alianças feitas. Para o primeiro turno, no cenário em que os candidatos contam com apoio de presidenciáveis, o levantamento mostra que Zema cai de 44% para 32%.

Além disso, em março um levantamento Genial/Quaest mostrou que as intenções de voto do governador caem de 49% para 35% no segundo turno contra Kalil se ele tiver o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Alexandre Kalil (PSD)

O principal adversário do governador Romeu Zema deve ser Alexandre Kalil, que renunciou ao cargo de prefeito de Belo Horizonte para disputar o governo de Minas Gerais.

Kalil foi eleito prefeito da capital em 2016, e reeleito em primeiro turno em 2020. Mas segundo a pesquisa do Instituto Ver, terá que diminuir uma boa vantagem que Zema tem sobre ele em 2022, já que aparece com 22% das intenções de voto no 1º turno.

Por outro lado, as alianças também podem mudar as chances do ex-prefeito. Nesta mesma pesquisa, quando os candidatos são associados a presidenciáveis, as intenções de voto de Kalil no primeiro turno sobem de 22% para 33% no cenário com o apoio de Lula (PT), o que o coloca na liderança da disputa.

Além disso, segundo a pesquisa Genial/Quaest de março, enquanto Zema cai de 49% para 35% se for apoiado por Bolsonaro no segundo turno, Kalil sobe de 33% para 49% no mesmo cenário se tiver o apoio de Lula.

Outros candidatos ao governo de Minas Gerais em 2022

Publicidade

Publicidade

Além de Zema e Kalil, o pré-candidato que deve “correr por fora” na disputa pelo governo de Minas Gerais é o senador Carlos Viana (PL). Provável candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro no primeiro turno, Viana aparece com 5% das intenções de voto na pesquisa do Instituto Ver.

Já no cenário com apoio de presidenciáveis, o senador sobe de 5% para 13% quando tem seu nome associado a Bolsonaro.

Por fim, fecha a lista de pré-candidatos ao governo de Minas Gerais a fotógrafa e doula Renata Regina (PCB), que já participou da disputa nas eleições de 2010 e 2014. O nome de Renata não aparece nas pesquisas citadas.

Veja também: Até quando posso tirar o meu título de eleitor em 2022? Descubra aqui!

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar