Aposentado, ainda não fez a prova de vida do INSS? Saiba o que pode acontecer

A partir deste mês de junho, a prova de vida para quem é aposentado ou pensionista do INSS voltou a ser obrigatória após mais de um ano de suspensão. Desde março de 2020 o procedimento não vinha sendo realizado por conta da pandemia de Covid-19.

Segundo o INSS, cerca de 36 milhões de pessoas precisam realizar o procedimento todos os anos para continuar recebendo seus benefícios. A prova de vida serve para evitar fraudes, e os beneficiários que não fazem o procedimento podem ter o pagamento bloqueado.

A retomada do procedimento acontece de forma gradual, e as primeiras pessoas que precisam fazer a prova de vida do INSS são aquelas que deviam ter realizado a renovação em março e abril do ano passado, conforme o calendário que nós já mostramos aqui.

prova de vida inss digital

Para que o aposentado ou pensionista do INSS acompanhe o período de vencimento da prova de vida, é recomendado baixar o aplicativo Meu INSS. Caso o beneficiário não possa fazer isso, também é possível ir ao caixa eletrônico do seu banco e acessar a conta para acompanhar sua situação.

Em ambos os casos, o beneficiário será avisado sobre a data que precisará fazer o procedimento, e assim consegue evitar transtornos.

Em caso de dúvidas sobre a prova de vida ou outras questões relacionadas ao INSS, basta ligar para o número 135. Este é o canal de atendimento oficial do órgão, e funciona de segunda a sábado entre 7h e 22h (horário de Brasília).

Veja também: Novos prazos para análise de benefícios do INSS começam a valer hoje (10/06)

Quem precisa realizar o procedimento em 2021?

A prova de vida do INSS é obrigatória para todos os aposentados e pensionistas que recebem seu benefício por meio de cartão magnético, conta corrente ou conta poupança.

Conforme já dissemos, esse é um procedimento fundamental para evitar fraudes e pagamentos indevidos, oferecendo mais segurança para o cidadão e para o governo.

Os beneficiários do INSS devem realizar a prova de vida todos os anos. O período determinado para cada cidadão leva em conta o mês de vencimento do seu prazo.

Se a pessoa perder o prazo e não fizer a prova de vida, ela pode ter o seu benefício do INSS suspenso ou bloqueado. Nesse caso, é preciso realizar o procedimento para reativar os pagamentos.

O pedido de reativação deve ser feito pelo aplicativo Meu INSS, mediante apresentação de documentos pessoais e comprovante de residência. Depois disso, o cidadão deve comparecer ao banco pelo qual recebe o benefício.

Veja também: Posso pagar contribuições atrasadas do INSS? Saiba como funciona

Como fazer a prova de vida do INSS?

Os beneficiários do INSS podem fazer a prova de vida presencialmente no banco ou então sem sair de casa, por meio do procedimento em domicílio ou digital.

Prova de vida presencial

Este é o procedimento “tradicional”, no qual as pessoas vão até o caixa eletrônico ou físico da agência do banco por onde recebem o benefício.

Mas alguns bancos oferecem outras alternativas, como a prova de vida por aplicativo. Por isso, é importante pesquisar junto ao banco quais são as opções disponíveis e o horário de atendimento.

Em domicílio

Para segurados maiores de 80 anos ou que não tenham condições de se locomover, é possível solicitar a prova de vida em domicílio. Nesse caso, um funcionário do INSS vai até à casa do segurado para realizar o procedimento.

Para agendar a prova de vida em domicílio, é preciso acessar o site Meu INSS ou ligar no 135. Além disso, o segurado precisa comprovar a condição de saúde a partir da apresentação de documentos médicos.

Prova de vida digital

Para os segurados que têm as mesmas condições citadas acima, também é possível realizar o procedimento por meio do site ou aplicativo Meu INSS. A prova de vida digital é feita por meio de biometria facial, e está disponível para mais de 5 milhões de pessoas.

Mas assim como na prova de vida em domicílio, também é necessário apresentar os devidos documentos para comprovar suas condições, nesse caso eletronicamente.

Para conferir o passo a passo deste procedimento no aplicativo Meu INSS, basta acessar o tutorial disponível no site gov.br ou assistir ao vídeo abaixo.

Além disso, é importante destacar que cada banco também tem um procedimento próprio para realização da prova de vida digital.

Portanto, se você recebe o benefício pelo Banco do Brasil, Bradesco, Itaú ou Santander, confira como funciona o procedimento em cada um deles no UOL.

Felipe Matozo
Jornalista formado pelo Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário