Vale-Gás em Fevereiro: Governo pagará o benefício? Calendário já foi divulgado? Entenda

Veja o calendário de pagamentos do Vale-Gás para fevereiro
Veja o calendário de pagamentos do Vale-Gás para fevereiro. (Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Em janeiro, o Governo Federal investiu quase R$ 285 milhões no Vale-Gás. As mais de 5,47 milhões de famílias beneficiárias receberam o auxílio de R$52,00, que corresponde a 50% da média do preço do botijão de 13kg de gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido popularmente como gás de cozinha. 

As regiões com os maiores números de cidadãos contemplados foram:

Publicidade

Publicidade

  • Região Nordeste: 2,74 milhões de contemplados e um investimento de R$ 142,45 milhões;
  • Região Sudeste: 1,78 milhões de contemplados e um investimento de R$ 93 milhões;
  • Região Norte: 535,7 mil contemplados e um investimento de 27,85 milhões;
  • Região Sul: 349,77 mil contemplados e um investimento de R$ 18,18 milhões;
  • Região Centro-Oeste: 167,65 mil contemplados e um investimento de R$ 8,71 milhões. 

Em dezembro de 2021, 108 mil beneficiários, que sofreram com as chuvas na Bahia e em Minas Gerais, receberam o Auxílio Gás, como uma forma de reduzir os impactos causados pelas enchentes.

O programa foi criado pelo Governo Federal, pela Lei nº 14.237 de 19 de novembro de 2021. Ele tem como objetivo diminuir o efeito do preço do gás de cozinha sobre o orçamento das famílias de baixa renda. O benefício é pago a uma pessoa por família, a cada dois meses. 

Como vai funcionar o pagamento do Vale-Gás em Fevereiro?

Veja o calendário de pagamentos do Vale-Gás para fevereiro
Entenda se será realizado o pagamento do Vale-Gás em fevereiro. (Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O calendário de pagamento do Vale-Gás é feito de acordo com o número final do NIS. Ele é realizado a cada dois meses e, por esse motivo, ainda está incerto se alguma família receberá o depósito em fevereiro, já que o último aconteceu em janeiro. 

Publicidade

Publicidade

As transferências do Auxílio-Gás são feitas no mesmo esquema que os repasses do Auxílio Brasil. Os beneficiários podem movimentar o dinheiro pelo aplicativo Caixa Tem.

Quem recebe os benefícios por meio de cartão também pode realizar saques nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, correspondentes bancários e agências da Caixa. 

Quem tem direito ao Vale-Gás?

Os brasileiros que têm direito ao Vale-Gás devem cumprir com os seguintes requisitos:

  • Famílias inscritas no Cadastro Único;
  • Famílias com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo.

Famílias beneficiárias de programas de transferência de renda criados pelas prefeituras, governos estaduais ou governo federal podem participar. O Auxílio Gás também contempla grupos familiares que tenham em sua composição pessoas residentes no mesmo domicílio, que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), inscritas ou não no Cadastro Único.

Nesse caso, o responsável por receber o pagamento pode mudar. Para as famílias inscritas no CadÚnico, ele será feito ao Responsável Familiar, preferencialmente à mulher.

Já para as famílias que não estão inscritas no Cadastro Único e têm beneficiários do BPC, que moram na mesma casa, o pagamento será feito ao titular do benefício assistencial ou seu Responsável Legal.

Como se cadastrar para receber o Vale-Gás

Publicidade

Publicidade

O cadastro para receber o Vale-Gás deve começar, antes de mais nada, pela inscrição no CadÚnico. Confira o passo a passo de como começar a receber o auxílio:

  1. Solicitar a inscrição no Cadastro Único em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou Posto de Atendimento do Cadastro Único do município;
  2. Se a família cumprir com os requisitos, ela começa a receber o Auxílio-Gás a cada dois meses automaticamente;
  3. O benefício é depositado em conta digital ou bancária. Caso a família não tenha acesso a uma dessas opções de conta, será aberta, automaticamente, uma poupança social digital.

Atenção para um detalhe: a partir do momento que a família está inscrita no CadÚnico, ela já está na fila de espera para receber o benefício. Ainda sim, o Auxílio-Gás conta com um sistema informatizado, que nos primeiros 90 dias de instituição do programa, prioriza os grupos que:

  • Tenha registro do CadÚnico atualizado nos vinte e quatro meses anteriores;
  • Tenha menor renda per capita;
  • Com maior quantidade de membros na família;
  • Beneficiários do Programa Auxílio Brasil; 
  • Com cadastro qualificado pelo gestor por meio do uso dos dados da averiguação, quando disponíveis.

Marina DarieFormada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
Veja mais ›
Fechar