CRV e CRLV: qual a diferença no fins das contas?

CRV e CRLV: qual a diferença no fins das contas?

O proprietário de veículos precisa cumprir com uma série de obrigações para manter a circulação do veículo regularizada. Dois documentos de grande importância nesse processo são o CRV e CRLV e o motorista deve saber a diferença entre eles.

Embora tenham siglas similares, o CRV e o CRLV possuem finalidades distintas.

Publicidade

Publicidade

A seguir, você fica sabendo qual a diferença entre o CRV e CRLV e quais informações aparecem em cada documento. Confira!

Qual a diferença entre CRV e CRLV?

CRV e CRLV: qual a diferença no fins das contas?
Esclareça suas dúvidas sobre a diferença entre o CRV e o CRLV do veículo. Saiba também quais informações aparecem em cada documento. (Imagem: Pexels/Divulgação)

O CRV (Certificado de Registro de Veículo) e o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) são documentos distintos. Ambos são muito importantes para o motorista e proprietário de veículo. No entanto, são usados em situações e para finalidades diferentes.

O CRV é um documento que veio para substituir o antigo DUT, ou como também era conhecido Documento Único de Transferência. Nesse sentido, o CRV é considerado um tipo de recibo de transferência ou compra e venda de um automóvel.

Publicidade

Publicidade

Não é necessário que o motorista ande portando este documento, porém é necessário mantê-lo bem guardado em casa até o momento em que o proprietário decidir passar o automóvel para o nome de outra pessoa. Apesar de não ser um documento de porte obrigatório, é importante saber que o CRV é o documento que comprova a propriedade de veículo e também a identidade dele.

Ao mesmo tempo, o motorista também deve dar importância ao CRLV. Esse é o documento que comprova o licenciamento anual do veículo. Com o CRLV, o cidadão tem “passe livre” para transitar pelo território nacional, sem qualquer impedimento. Isso porque é o licenciamento que garante a regularização do veículo.

Todos os anos o proprietário de veículo precisa fazer o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículo (IPVA). Caso as obrigações em relação a esse tributo estejam em dia, o motorista consegue regularizar a situação do veículo.

Já que o CRLV é que comprova que o veículo está com a situação regularizada, o motorista é obrigado a portar este documento, diferente do CRV, que pode ficar guardado em casa. Ainda é possível utilizar o CRLV digital, que substitui o CRLV em sua forma física, sem qualquer descumprimento com a legislação vigente.

Essa pode ser uma alternativa mais prática para o condutor que quer evitar andar com tantos documentos, correndo o risco de perder ou extraviar.

Sabendo dessas questões, não há dúvidas de que existe diferença entre o CRV e o CRLV.

Quais informações são encontradas nos dois documentos?

Publicidade

Publicidade

A seguir, você confere quais informações estão presentes no CRV e no CRLV.

CRV

  • Código Renavam;
  • Nome do proprietário;
  • Endereço completo;
  • CPF ou CNPJ;
  • Número da placa;
  • Numeração do chassi;
  • Tipo do veículo;
  • Tipo de combustível;
  • Marca/ modelo;
  • Ano de fabricação;
  • Ano do modelo;
  • Cor predominante;
  • Categoria;
  • Alienações, restrições, etc;
  • Nome do antigo proprietário;
  • Cidade e data;
  • Registro Nacional de Transportes Rodoviários de Cargas;
  • Número da via;
  • Local de registro;
  • Capacidade / potência / cilindradas;
  • Data de emissão do documento.

CRLV

  • Número do Renavam;
  • Nome, CPF e Endereço de Proprietário;
  • Número da placa;
  • Numeração do chassi;
  • Tipo de veículo;
  • Tipo de Combustível;
  • Marca / Modelo;
  • Ano de fabricação e ano do modelo;
  • Cor predominante;
  • Categoria;
  • Nome do antigo proprietário;
  • Cidade;
  • Número da via;
  • Local do registro;
  • Capacidade / potência / cilindrada;
  • Dados do IPVA;
  • Dados do DPVAT.

Em geral, os dois documentos apresentam informações sobre as características do veículo.

O motorista deve estar atento ao código do Renavam, que aparece no CRV, e ao número do Renavam, que aparece no CRLV, visto que são dados diferentes.

O código do Renavam, composto de onze dígitos, é uma numeração que tem por objetivo facilitar consultas sobre o veículo. Por sua vez, o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) se refere ao número de identificação do veículo. É comum que se faça uma comparação entre o número do Renavam de um veículo e o RG de um cidadão, pois o Renavam é o mesmo durante toda a vida útil de automóvel.

Publicidade

Veja também: Nubank: seu dinheiro pode começar a DESVALORIZAR daqui a 5 dias

Publicidade

Elouise LopesRedatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Veja mais ›
Fechar